Da verdade

Uma foto publicada por Zeit (@galvesgustavo) em

Da verdade. E tudo passa a afirmações, demonstrações de um ser sendo. Ser. A promessa de uma estrutura sólida, parede do universo, impositiva, intransponível. Quando o silêncio nasce do som; onde do ódio, da mágoa, nasce o amor. Onde na ignorância brilha a chama do algo mais, ilumina a escuridão. A escuridão é condição. 
No epigrama perdido encontra a sabedoria anciã. Nas linhas rebeldes, inconsequentes, os olhos de quem vê procuram o novo olhar próprio. Um olhar perdido no tempo em que o apego era a volta para o útero. Livre de eu sou, livre do que se amontoa no que são. Livre para olhar. Além do bem e do mal.